4 Hackathon Fiesp – O futuro da economia compartilhada

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Este final de semana aconteceu a 4 Hackathon Fiesp e pela terceira vez eu estive presente, o desafio era criar uma aplicação, site, hardware entre outras soluções para o tema economia compartilhada

Diferente dos outros anos foi muito mais organizado na separação das equipes, acredito que a organização tenha focado bastante neste ponto e também na seleção dos participantes, estão de parabéns, mas vamos ao que interessa.

O que é economia compartilhada?

Depois de 3 dias de competição pelo pouco que entendi pode-se dizer que economia compartilhada é a troca de produtos, serviços entre pessoas ou empresas que não utilizam, estão ociosos com pessoas ou empresas que necessitam destes produtos, serviços. Resumidamente é isto acredito eu, caro queira saber mais detalhes sobre economia compartilhada clique aqui.

 

Sobre a Hackathon

Depois de um café da manhã reforçado para acordar o pessoal foi dado inicio ao desafio, foi feita uma apresentação sobre o evento, a Fiesp, critérios de julgamento e os responsáveis pelas ferramentas que patrocinaram o evento fizeram uma apresentação rápida sobre cada, foram 200 participantes, divididos em 5 pessoas por grupo logo 40 grupos com a finalidade de desenvolver uma solução que atendesse o consumidor final, B2B, B2C ou P2P.

Para saber mais sobre as ferramentas acesse os links abaixo:

Veja algumas fotos do evento abaixo

E se você ficou curioso para saber quais foram as 40 soluções criadas nesta Hackathon acesse o link https://hackdash.org/dashboards/fiesp para ter um resumo de todas as propostas, abaixo separei as 10 finalistas, e são elas:

SCOA – Transforme estoques oociosos em ativos, comercialize o seu estoque obsoleto, conecte-se com outras indústrias, reduza seu investimento em estoque.

Mother to Mother – Para ampliar a economia colaborativa entre mulheres gestantes, desenvolvemos uma plataforma B2C, na qual a gestantes conseguem encontrar roupas de outras mulheres que não vão mais utilizar as roupas. Trabalhando com um mercado que movimentou milhões no ano passado e vem crescendo todos os anos.

GuardAqui – O GuardAqui é uma app que visa o compartilhamento de vagas ociosas. Atualmente temos em média 48 milhões de veículos circulando no país, 16 milhões deles só no estado de São Paulo. Dentre os 11 mil estacionamentos pagos temos somente 1 milhão de vagas disponíveis. O GuardAqui vai mapear a utilização de vagas de garagem ociosas, sendo elas domiciliares ou de condomínio comercial e disponibilizá-las para pessoas que procuram vagas para estacionar.

Responsa – Tenha Responsa! Misture seus conhecimentos acadêmicos com as necessidades práticas das ONGS e cumpra as suas horas complementares de maneira inteligente e social. Curte ai Galera!!! https://www.facebook.com/appresponsa

Food Track – Projeto que tem como objetivo mapear Food Trucks na cidade de São Paulo e fornecer ao consumidor através de um aplicativo a possilidade de pesquisar por Trucks nos seus arredores, catalogá-los por categorias, salvar favoritos para fácil acesso, acessar informações de localização, itinerario, cardápio e preço, e receber descontos especiais para Trucks descobertos através do aplicativo. Ao mesmo tempo, o sistema oferece aos Food Trucks um canal de acesso aos seus clientes em uma plataforma específica para o seu tipo de negócio. Link do projeto: https://bitbucket.org/betovieira/foodtrack/

IOTility – Proposta Shared Economy trazendo a otimização da capacidade produtiva de máquinas industriais de pequeno, médio e grande porte. A IOTility apresenta um market place para quem possui capacidade ociosa ou para quem busca suprir a produção não suportada dentro de sua própria fábrica.

Bem Infinito – A missão do “Bem infinito” é conectar doadores e instituições sociais de maneira assertiva. Uma pessoa compra em um site parceiro (e-commerce) e na finalização sugerimos algo na linha “Que tal adicionar um sabonete na sua lista para o GRAAC”? No final do mês o GRAAC recebe um voucher e troca pelos produtos doados em uma das unidades do supermercado parceiro.

Conecta Tecido – No Brasil, 9 bilhões de peças são confeccionadas anualmente. E cerca de 15% a 20% do tecido é desperdiçado por cada peça cortada. Para se ter uma ideia, em São Paulo, 12 toneladas de tecido são desperdiçadas por dia. Pensando em reduzir este desperdício e atender a lei de resíduos sólidos, a nossa solução busca intermediar um processo de compra e venda online de tecidos de reuso entre pequenas e médias confecções, estilistas e ateliês de costura.

ConnectBiker – O aplicativo que conecta e ajuda os ciclistas entre si. Mobilidade Urbana, Segurança e Economia Compartilhada, tudo isso em único App Mobile para CICLISTAS. Ciclistas com o App instalado, podem solicitar ou oferecer ajuda de reparos rápidos para outros ciclistas passantes. Podem pedir socorro em um botão de pânico diretamente para o SAMU ou para a Polícia Militar. Podem visualizar estações de paradas próximas ou rede de serviços.

E os Grandes finalistas foram IOTility, ConnectBiker e Bem Infinito, parabéns a todas as equipes e muito sucesso na jornada, bom almoço e nos encontramos novamente ano que vem.

E para encerrar rolou um bate-papo com Gabriel Pensador,

Lembrando que tem mais Hackathon por vir, para ter mais informações acesse Hackathon Brasil

Por ultimo queria mandar um abraço para o pessoal da minha equipe Leandro Correia, Jhony Romano, Caio Lucena, Eduardo e a toda organização do evento pela superação que sei da dificuldade de se montar um evento destes e todo ano vocês recebem o feedback e trabalham para ser melhor ainda no próximo ano, até a próxima.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
The following two tabs change content below.
A mais de 15 anos desenvolvendo sistemas, em 2012 fundei a TagPet, e nestes dois anos aprendi muito sobre empreendedorismo em geral, espero poder ajudar de alguma forma para que consiga realizar seu sonho o quanto antes, erros acontecem mas é primordial aprender com eles, conte comigo.

Latest posts by Fernando Henrique Baleroni Guerra (see all)

  • Ian Dienes

    Acho o conceito de economia compartilhada incrível, esses dias achei um site muito legal onde moradores locais compartilham almoços e jantares na sua própria casa http://www.dinneer.com . Seria muito bacana uma matéria sobre essa modalidade.